JMJ 2005 – Um Milagre – Parte 2/2

Aquele final de semana foi com certeza o mais longo da minha vida!!! Chegava o Natal mas não chegava a tão esperada segunda-feira!!!

Tripulação, portas em automático!!! Lá estava eu rumo à São Paulo. Esperaria 7h lá para então embarcar para a França.. FRANÇA?? Mas a Jornada não era na Alemanha?? Sim, mas teríamos uma semana de “bem bom” na França, fazendo turismo religioso e depois uma semana de peregrinação na Alemanha! Acham que Deus ia me dar um presentinho qualquer??? Não.. teria muita oração mas também teria direito à Torre Eiffel!!

 

Linux_wallpapers_468

 

 

Eu estava tão agitada com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que nem consegui dormir nas 14h de vôo, ficava pensando o que Deus queria me mostrar de tão importante porque Ele não faria isso tudo só pra satisfazer minha vontade de ir.. E foi nesse momento que falei para Ele que queria saber realmente a minha vocação.. nesse ano eu estava pedindo muito pra Ele me mostrar se minha vocação era religiosa ou matrimonial e então sabia que isso seria revelado nessa viagem.

Assim que chegamos lá no aeroporto da França encontrei meus amigos que haviam ido antes e a cara deles de: “como assim você está aqui??”.. era inacreditável para todos!!!!

Pegamos um ônibus e fomos direto para Lisieux! Não sei se todos sabem mas essa é a cidade de Santa Teresinha, eu estava muito feliz de poder conhecer tudo do perto o que ela viveu e que eu já tinha lido tanto no livro História de uma Alma.

BASILIQUE DE LISIEUX

No dia seguinte, dia 09 de agosto, nono e último dia da minha novena. Acordamos cedo para a missa e como Deus nunca se deixa ganhar em generosidade, se já não bastasse poder terminar a minha novena lá na cidade dela, a missa seria no Carmelo onde ela viveu!!!!! Imaginem a minha emoção de poder terminar minha novena ali onde tudo respira Santa Teresinha!! Foi, com toda a certeza, um dos mais emocionantes momentos da minha vida inteira!! Eu não acreditava que Deus tinha pensado em tanto detalhes… eu não sou merecedora de tudo isso… A missa foi justamente na capela onde estava essa imagem abaixo, e eu estava bem pertinho dela:

 

BM_20080609075054972.npf

 

Nessa hora falei para Deus: “se minha vocação for religiosa, eu quero ser Carmelita! Já posso ficar aqui???”… Mas nada de extraordinário aconteceu nesse momento então vi que não era ainda.. heheheh

Seguimos viagem pela França e cada igreja que visitávamos era uma emoção diferente!! Até porque não temos igrejas lindas aqui em Brasília, então tudo era realmente muito novo para mim.

Tivemos dias de compras, de passeio, de bobeira.. passamos pela Bélgica e chegamos na Alemanha!!! Estou correndo no tempo porque se eu for contar os detalhes de tudo tenho certeza de que brigarão comigo!!

A Jornada começou!!!! QUE EMOÇÃO!!! Acho que agora que tivemos uma aqui no Brasil todos conseguem ter uma idéia mais real do que ela significa e do impacto que ela tem na vida de todos!! Cada segundo, cada atividade, cada missa… tudo era incrível!!! Também tinha muito cansaço, afinal andávamos muito, mas era um cansaço gostoso, de saber que o mundo inteiro estava ali unido por um único ideal, Jesus Cristo!! E sem contar que era a primeira jornada com o Papa Bento XVI, meu querido Bentinho que tanto amo!!! Milhões de pessoas lotavam a estação de metrô de Colônia que saia em frente a catedral.

No dia da vigília andamos muito para chegar no local e foi a noite mais linda da minha vida!! Tivemos a Santa Missa, cantamos, rezamos, adoramos a Jesus Eucarístico e eu ainda estava esperando ser “Mega Tocada”, que uma grande revelação viria do alto com anjos tocando trombeta.. Mas Deus em seu maravilhoso silêncio permaneceu.

Tinha esperança também de ter conhecido algum menino legal na excursão, mas isso também não aconteceu.. eu voltava para casa sem ter sentido que era pra ir pro Carmelo e sem ter conhecido um menino que seria O cara da minha vida.

Tem um dado importante sobre a minha pessoa durante a jornada.. eu não sei porque mas Deus me pedia para animar a galera.. sério! A pessoa mais envergonhada do planeta ficava cantando, batucando, animando… Eu me questiono até hoje como eu tive capacidade de fazer aquilo.. Imaginem um grupo voltando pro alojamento às 3h da manhã, super cansados, esperando metrô, muitos reclamando de tudo.. e um ser batendo na mochila dizendo para se alegrarem, animarem, afinal estávamos na melhor experiência das nossas vidas!!!

E o que Deus queria com isso?? Voltei no avião perguntando a Ele porque tinha feito aquilo tudo, o quê Ele queria de mim. E na mesma hora veio muito forte no meu coração uma frase de Santa Teresinha: “A minha vocação é o amor!”

Eu comecei a chorar!! Fiquei achando que seria convento tal ou menino tal.. sendo que a vocação maior que Deus me pedia era amar.. amar sem medida!! Amar ao ponto de pagar mico 3h da manhã só para animar o povo que já estava reclamando.. Amar ao ponto de contar para todo mundo da excursão que eu estava ali por um milagre.. Amar ao ponto de largar tudo para trás só para viver uma aventura que Deus preparou.. E amar ao ponto de seguir a minha vida dali em diante somente amando!!

Voltei muito feliz!! Senti em tudo o verdadeiro amor de Deus por mim e o carinho incrível de Santa Teresinha!! Ela que antes de morrer prometeu que mandaria chuvas de rosas a quem pedisse, de fato, sou testemunha real dessa sua promessa. Um fruto muito lindo dessa viagem foi uma maior proximidade de uma grande amiga minha e que não por acaso hoje é a madrinha da minha filha que leva o nome de Santa Teresinha como homenagem!! Estão vendo como Deus pensa em tudo?

É muito bom relembrar tudo isso e esse é um propósito de vida que devemos ter.. sempre lembrar do amor de Deus por nós, lembrar de todas as situações em que vimos que Ele cuidou de tudo e principalmente, estar atentos às próximas situações, pois a todo instante Ele nos dá mimos lindos!!

 

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *